Categoria:

Otimista com novo governo, Reinaldo Azambuja debate prioridades de MS com ministros de Bolsonaro

Campo Grande (MS) – Com a melhora da economia no terceiro trimestre de 2018 e boas expectativas em relação à gestão do presidente Jair Bolsonaro, o governador Reinaldo Azambuja iniciou 2019 otimista com projetos para Mato Grosso do Sul. Nesta semana ele vai se reunir com pelo menos quatro ministros em Brasília (DF) para tratar de […]

(Leia mais)
Categoria:

Sob efeito do álcool, afogamentos são comuns até para quem sabe nadar

Campo Grande (MS) – A combinação parece perfeita, mas pode ser trágica se não houver cautela e atenção. O consumo de bebida alcoólica nos momentos de lazer em piscinas, rios e mares traz um grande risco aos banhistas. Sob o efeito de álcool, perde-se a capacidade respiratória, capacidade motora, equilíbrio e força muscular, o que […]

(Leia mais)
Categoria:

MS abriu 6.360 empresas em 2018, melhor desempenho dos últimos 4 anos

O comércio foi o segundo setor que mais registrou abertura de novas empresas no Estado em 2018 Campo Grande (MS) – A Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems), órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), registrou a abertura de 6.360 empresas durante o ano passado, o […]

(Leia mais)
Categoria:

Jaime Verruck destaca potencial do Showtec e sua importância no cenário nacional

Maracaju (MS) – Durante a abertura do Showtec 2019, nesta quarta-feira (16.1), em Maracaju, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, destacou o potencial da feira tecnológica e sua importância no cenário do agronegócio nacional. Também participaram do lançamento o governador Reinaldo Azambuja, produtores rurais, lideranças […]

(Leia mais)
Categoria:

Na próxima temporada de pesca, multa mínima para quem capturar o dourado será de R$ 2,7 mil

Campo Grande (MS) – Durante os próximos cinco anos a captura do peixe da espécie dourado (Salminus brasiliensis ou Salminus maxillosus) está proibida nos rios de Mato Grosso do Sul. A multa mínima para quem descumprir a lei estadual, sancionada no dia 11 de janeiro pelo governador Reinaldo Azambuja, será de mais de R$ 2,7 […]

(Leia mais)