Cozinha especializada do Bioparque Pantanal prepara ração e petiscos para peixes

  • Bioparque Pantanal
  • nrodrigues
  • 25/janeiro/2023 5:00 am
  • Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Para que o animal tenha uma vida saudável é necessária uma boa alimentação, balanceada e rica em nutrientes. Para que isso seja levado à risca, o maior aquário de água doce do mundo conta com profissionais que preparam a ração de algumas espécies de peixes, garantindo um cardápio saboroso e o mais importante, com tudo que eles precisam.

No Bioparque Pantanal a alimentação acontece todos os dias, de acordo com a composição dos tanques, o trabalho não para e para que tudo ocorra de acordo com o cronograma o complexo tem uma equipe que trabalha e monitora cada espécie de domingo a domingo.

Giovanna explica como é feito a preparação da ração no Bioparque

A ração, destinada aos animais onívoros, que se alimentam de algas, folhas e pequenos animais, é preparada em uma cozinha equipada que fica dentro do complexo de água doce. O espaço conta com mesa, geladeira, fogão e uma máquina de moer. Todo o preparo e elaboração de dieta é feito pela zootecnista Giovanna Stringhetta que uma vez por semana se dedica ao cardápio dos animais.

"Sempre procuro balancear o máximo possível e atingir todo o potencial na parte nutricional, de macro e micronutrientes, prestando bastante atenção se os animais estão usufruindo e fazendo bom uso dessa ração", explica Giovanna que trabalha em parceria com mais um zootecninsta na observação das espécies, buscando saber se eles comeram, gostaram ou não se interessaram tanto pela ração.

Uma pré-mistura é colocada junto de alguns ingredientes que enriquecem a ração, adicionando algum tipo de proteína animal ou vegetal, para o enriquecimento de fibras, por exemplo. Depois de tudo misturado é a vez de moer o alimento, reforçando que todos os cuidados com a biossegurança são tomados. “Toda vez que termina vai direto para o freezer para não perder nenhum tipo de propriedade”, pontuou a zootecnista.

Preparo de petiscos

Zootenista terminando de processar os alimentos que integram a ração dos peixes

Além da ração, na cozinha do Bioparque são preparados petiscos dos mais cariados sabores. Cada “lanchinho” é preparado de acordo com a espécies e na maioria das vezes é utilizado nas atividades de enriquecimento ambiental que consiste em deixar o ambiente interativo, neste caso com diferentes formas de apresentar o alimento.

A diretora do Bioparque Pantanal, Maria Fernanda Balestieri evidencia o trabalho da equipe que faz parte do bem-estar animal. "Somos um laboratório vivo que conta com mais de 300 espécies, fazer com que os padrões de qualidade e bem-estar estejam alinhados garante um animal saudável e um local que se compromete com a conservação ambiental. Diante disso, podemos contribuir com a pesquisa e o conhecimento científico por meio das atividades desenvolvidas em prol dos peixes".

Ração é dispersada nos aquários e ficam a disposição dos peixes se alimentarem de forma equilibrada


Rosana Lemes, Comunicação Bioparque Pantanal

Fotos: Eduardo Coutinho

Veja Também

Bioparque lança caderno de atividades pedagógicas ligadas à biodiversidade pantaneira

O Núcleo de Educação Ambiental do Bioparque Pantanal apresentou ao público adulto e infantil o Caderno do Clubinho Pantaneiros com propostas lúdico-pedagógicas com o objetivo de contextualizar, por meio das atividades, o cotidiano dos animais presentes nos tanques do Bioparque, a biodiversidade pantaneira e os artistas regionais. A cerimônia de lançamento foi realizada nesta segunda-feira […]

Com um viés municipalista, governador recebe pedidos e demandas de prefeitos

O governador Eduardo Riedel se reuniu nesta segunda-feira (06) com um grupo de 15 prefeitos, onde ouviu os pedidos e demandas dos municípios, para obras que já estão em andamento e novos projetos para o futuro. Este diálogo constante faz parte da gestão municipalista, que está sendo colocada em prática. O encontro teve a participação […]

Últimas Notícias

Bioparque lança caderno de atividades pedagógicas ligadas à biodiversidade pantaneira

O Núcleo de Educação Ambiental do Bioparque Pantanal apresentou ao público adulto e infantil o Caderno do Clubinho Pantaneiros com propostas lúdico-pedagógicas com o objetivo de contextualizar, por meio das atividades, o cotidiano dos animais presentes nos tanques do Bioparque, a biodiversidade pantaneira e os artistas regionais. A cerimônia de lançamento foi realizada nesta segunda-feira […]

Com um viés municipalista, governador recebe pedidos e demandas de prefeitos

O governador Eduardo Riedel se reuniu nesta segunda-feira (06) com um grupo de 15 prefeitos, onde ouviu os pedidos e demandas dos municípios, para obras que já estão em andamento e novos projetos para o futuro. Este diálogo constante faz parte da gestão municipalista, que está sendo colocada em prática. O encontro teve a participação […]