Dicas do Corpo de Bombeiros Militar para o feriado prolongado


Karla Tatiane Categorias: Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 191 visualizações

Campo Grande (MS) – Por ocasião do feriado de Corpus Christi (15.6), muitos viajam para visitar parentes ou procuram ir para balneários e clubes em busca de diversão e descanso. Com o aumento de pessoas nesses locais, o Corpo de Bombeiros alerta motoristas, banhistas e proprietários sobre o respeito às normas de segurança.

Com o objetivo de evitar possíveis acidentes durante o feriado prolongado, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul repassa dicas importantes para a população que deseja viajar, frequentar balneários, piscinas públicas, clubes, entre outros locais durante esse período.

Para quem for viajar de carro, é importante ter atenção com a manutenção preventiva do veículo. A verificação de pneus, água do radiador, óleo, bateria e freios pode evitar alguns transtornos durante a viagem. Além disso, outras dicas importantes são usar o cinto de segurança, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas antes de dirigir, ter um bom período de descanso antes de pegar a estrada e sempre respeitar o limite de velocidade e a sinalização nas estradas.

Aquelas pessoas que vão frequentar piscinas, rios, lagos e praias devem tomar alguns cuidados básicos para evitar acidentes e afogamentos. É fundamental procurar um lugar seguro e apropriado para o lazer, inclusive, que tenha a presença de bombeiros e guarda vidas. Crianças exigem cuidados redobrados e sempre devem usar colete salva-vidas e ter sempre a presença de um responsável por perto para evitar acidentes com consequências mais graves.

Bombeiros prestando atendimento no centro da Capital.

Aviso – É importante ressaltar que, em caso de afogamento, só tente salvar a vítima caso seja habilitado e esteja em boas condições físicas para a ação. Caso contrário, tente se aproximar da vítima e lance algum objeto que a ajude a flutuar, ser puxada para um local seguro e acione o guarda vidas ou o Corpo de Bombeiros Militar através do telefone de emergência “193”.

Para evitar acidentes e afogamentos, os balneários e piscinas de clubes e condomínios devem possuir acessos restritos que podem ser feitos com cercas, portões ou outros elementos que delimitem as áreas de água e que contenham placas com informações sobre a profundidade, bem como permissão ou proibição de mergulho.

É importante também que os pais estejam atentos aos filhos e respeitem as regras de prevenção. Crianças com menos de 12 anos devem estar sempre acompanhada pelos pais, que não devem se distrair com diálogos ou utilização de aparelhos celulares e tablets.

Os banhistas devem ainda cumprir todas as orientações e determinações dos guarda-vidas, evitar brincadeiras que coloquem a segurança em risco durante o nado ou mergulho e evitar mergulhos em locais com profundidade menor que o dobro da altura corporal.

Informação – Durante todo o ano, o Corpo de Bombeiros Militar realiza, através das vistorias ordinárias, fiscalização nos locais de concentração de público como clubes, balneários, pousadas, pesqueiros, entre outros.

Todos esses locais para funcionarem legalmente necessitam ter em local bem visível o certificado de vistoria emitido pelo Corpo de Bombeiros Militar, que comprova a regularização da edificação, além de outras licenças e alvarás, que são emitidos pela por prefeituras e órgãos de vigilância sanitária.

Caso algum empreendimento não tenha todos os certificados para funcionamento em dia, ele poderá ser multado, e dependendo da irregularidade apresentada o local poderá ser interditado, conforme prevê a Lei n° 4.335 de 2013.

Algumas orientações são bem conhecidas, mas é sempre bom estar atento

  • Se for viajar fique atento para o registro do gás de cozinha, verifique se o mesmo encontra-se fechado;
  • Não deixe equipamento elétrico ligado, nem brasas em fogões, lareiras, cinzeiros ou velas acesas;
  • Se alguém se sentir mal perto de você, chame o Corpo de Bombeiros Militar ou qualquer pessoa do serviço de saúde;
  • Em aglomerações, mantenha crianças sob constante vigilância;
  • Se levar seus filhos esteja atento para não perdê-los de vista, identifique-os com pulseiras ou crachás plastificados contendo seu nome e seu telefone;
  • É importante manter a criança hidratada;
  • Se encontrar uma criança perdida verifique se ela está com uma pulseira de identificação com os telefones dos responsáveis para contatá-los; se não, leve-a a um posto do Corpo de Bombeiros Militar ou da Polícia Militar;
  • Evite que as crianças se aproximem do sistema de som, pois pode haver prejuízo para a audição. A surdez é irreversível;
  • Crianças não devem ser colocadas em cima de trios elétricos;
  • Evite lugares lotados. Para as crianças, a melhor opção são as matinês.
  • Beba muita água mineral e sucos de frutas naturais;
  • Leve em sua bagagem seus remédios de uso contínuo para evitar problemas de não os encontrar para comprar na cidade em que você estiver;

Para evitar acidentes as orientações são as seguintes: 

Nos rios, córregos e piscinas

  • Use protetor solar, tanto adultos quanto crianças, para evitar queimaduras e insolação;
  • Mesmo que saiba nadar, antes de entrar em locais como rios, lagos ou piscinas, verifique as placas de identificação que indiquem “PERIGO” e fique atento com as placas de sinalização informando por exemplo, a profundidade, correnteza, não é permitido pular etc….;
  • Alimente-se com moderação, prefira comidas leves e evite o excesso de bebida alcoólica;
  • Não entre na água depois de ingerir bebidas alcoólicas e alimentos em demasia;
  • Nunca nade sozinho;
  • Nunca deixe crianças sozinhas e redobre os cuidados com elas nesses lugares;
  • Não deixe crianças aos cuidados de estranhos;
  • Não permaneça perto de embarcações;
  • Respeite a sinalização do local

Em Clubes e outros locais públicos

  • Informe-se onde estão as saídas de emergência;
  • Não fique parado em frente às postas;
  • Mantenha as crianças próximas, carregando-as no colo ou pelas mãos;
  • Abandone o recinto de forma ordenada, sempre respeitando a ordem de saída;
  • Procure sempre por locais onde haja o Certificado de Vistoria do Corpo de Bombeiros

Lembramos que caso observe alguma irregularidade informe o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone de emergência: 193.

Corpo de Bombeiros de MS

Foto: Arquivo