MS 40 anos: Seriedade do Estado ajuda na escolha de Selvíria para sediar polo nacional de produção de peixes


dburema Categorias: Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 128 visualizações

Projeto da Tilabras começa a ser implantado neste ano e deverá inserir município entre os primeiros do País na produção de peixes.

Campo Grande (MS) – Eleita entre 1,9 mil cidades brasileiras, Selvíria se tornou a sede de um investimento de R$ 200 milhões que quando estiver concluído irá gerar 2,7 mil empregos e posicionar Mato Grosso do Sul como um dos maiores produtores nacionais de peixe. Entre as razões da escolha, a empresa Tilabras destacou a seriedade do Estado.

Com população de 6482 habitantes, segundo dados do IBGE, o município foi beneficiado pela política de parceria e incentivo para atração de empregos, que tem sido diretriz na gestão de Reinaldo Azambuja.

A previsão é de que os primeiros tanques de peixe comecem a ser instalados pela Tilabras no segundo semestre deste ano e o final da implantação, em 2023, o lago da Usina Jupiá, no rio Paraná, deverá abrigar 545 hectares de tanques-rede que resultarão numa produção de 100 mil toneladas de tilápias ao ano.

 

Parceria do Governo com Tilabras irá gerar 2,7 mil empregos e posicionar MS como um dos maiores produtores nacionais de peixe.

Com a implantação da empresa que permite diversificar a produção em MS, o trabalho da gestão estadual segue com o intuito de agregar os pequenos produtores da região por meio de cooperativas para o fornecimento de peixes ao frigorífico. O suporte do Governo do Estado será dado, inclusive, com fornecimento de máquinas para auxiliarem os pequenos produtores na escavação dos tanques.

Investimentos para ampliação da rede de esgoto e abastecimento de água também têm sido feitos pelo governo estadual, que concluiu a drenagem e recuperação asfáltica no Distrito de Vestia.

Em parceria com a prefeitura, estão as obras de recapeamento de vias urbanas e a construção de 34 unidades habitacionais no assentamento Canoas. Já o esforço conjunto das gestões estadual, município e federal permitiu a entrega de 32 moradias pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

Danúbia Burema – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Uol Economia