MS vai se transformar em “hub” logístico da América do Sul com Rota Bioceânica


kfernandes Categorias: Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 125 visualizações

Campo Grande (MS) – A ponte que liga Porto Murtinho a Carmelo Peralta, no Paraguai, transformará Mato Grosso do Sul em um grande ponto central de coleta, separação e distribuição de produtos para toda a América do Sul – um “hub” logístico.

A obra, que ainda encurtará a distância do Centro-Oeste do Brasil até o mercado asiático, o principal consumidor de commodities do mundo, é um dos projetos que efetiva o corredor rodoviário pelo Estado, conforme explica o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de MS, Jaime Verruck.

Com o plano de investimento financeiro para a construção da ponte já aprovado pela Itaipu Binacional, o governador Reinaldo Azambuja e o diretor-geral da multinacional paraguaia, José Alberto Alderete Rodriguez, se encontraram na terça-feira (14) para unir esforços em prol da Rota Bioceânica.

Além da construção da ponte, outras ações do Governo do Estado, estão transformando Porto Murtinho em um dos principais entrepostos comerciais de Mato Grosso do Sul, como fomentar o transporte fluvial pela hidrovia do Paraguai e contribuir para a instalação de portos na cidade.

A obra da ponte sobre o Rio Paraguai tem custo estimado em US$ 75 milhões e deve ficar pronta em 2022.

 

Katiuscia Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)