Secretário da SAD tranquiliza candidatos e garante que concurso para PM e Bombeiros em MS será realizado no prazo


Katiuscia Fernandes Categorias: Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 303 visualizações

A Justiça suspendeu os concursos públicos para PM (Polícia Militar) e bombeiros, que ofertam 650 vagas. A decisão do juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, David de Oliveira Gomes Filho, atendeu pedido do MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

O magistrado também suspendeu a execução do contrato, com dispensa de licitação, entre o governo de Mato Grosso do Sul e a Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de MS), com proibição de repasse de recursos públicos.

O Secretário Estadual de Administração (SAD), Carlos Alberto Assis, explicou em coletiva na tarde desta terça-feira, dia 12, que o Governo vai recorrer, que todo o processo continuará sendo realizado com a maior transparência, e tranquilizou os candidatos.

A procuradora geral adjunta do Estado, Fabíola Marquetti Sanches Rahim reforçou que a realização do contrato com a Fapems tem embasamento na Lei.  

A PM ofertava 388 vagas para soldados, 50 para oficiais e 12 oficiais de Saúde, já os bombeiros ofereciam 200 vagas, sendo 23 do Curso de Formação de Oficiais do Quadro de Oficiais Combatentes; 153 praças; 12 vagas do Quadro de Oficiais de Saúde e 12 vagas do Quadro de Oficiais Especialistas.

 

Katiuscia Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)