Símbolos


BANDEIRA DE MATO GROSSO DO SUL 

A bandeira de MS foi instituída pelo Decreto Estadual nº1 de 1º de janeiro de 1979. Foi projetada por Mauro Michael Munhoz. Em 2005, foi criada a faixa governamental de Mato Grosso do Sul, tendo harmonia com a bandeira e com o brasão. A faixa governamental também é oficializada como um símbolo do Estado.

Cada cor presente na bandeira do Mato Grosso do Sul possui um significado:

  • O verde representa a riqueza das matas e dos campos;
  • O branco simboliza a paz e a amizade;
  • O azul representa o céu sul-mato-grossense e a esperança do povo;
  • O amarelo simboliza a riqueza adquirida através do trabalho do povo.

BRASÃO DE MATO GROSSO DO SUL

O escudo de Mato Grosso do Sul foi oficializado pelo Decreto Estadual nº 2, de 1º de Janeiro de 1979. Foi projetado por José Luiz de Moura Pereira.

HINO DE MATO GROSSO DO SUL 

O hino do estado de  Mato Grosso do Sul foi escolhido por concurso. Instituído pelo Decreto Estadual nº 3 de 1 de janeiro de 1979 tem a letra de Jorge Antônio Siufi e Otávio Gonçalves Gomes e a música de Radamés Gnattali.

O hino ressalta as belezas naturais do Estado e traz diversos personagens históricos. São eles:

  • Vespasiano Martins: Político que lutou pela divisão do Estado, foi prefeito de Campo Grande e também senador;
  • Camisão e Antônio João: Heróis que lutaram na Guerra do Paraguai em defesa das terras sul-mato-grossenses;
  • Guaicurus: Conhecido como índios cavaleiros, são lembrados pela habilidade em lutar, resistindo a influência de outros povos;
  • Ricardo Franco: Protetor do Forte Coimbra.

Letra e Música

Os celeiros de farturas,
Sob um céu de puro azul,
Reforjaram em Mato Grosso do Sul
Uma gente audaz.

Tuas matas e teus campos,
O esplendor do Pantanal,
E teus rios são tão ricos
Que não há igual.

(Estribilho)

A pujança e a grandeza
de fertilidades mil,
São o orgulho e a certeza
Do futuro do Brasil.

Moldurados pelas serras,
Campos grandes: Vacaria,
Rememoram desbravadores,
Heróis, tanta galhardia!

Vespasiano, Camisão
E o tenente Antônio João,
Guaicurus, Ricardo Franco,
Glória e tradição!

(Estribilho)

A pujança e a grandeza
de fertilidades mil,
São o orgulho e a certeza
Do futuro do Brasil.

Letra por Jorge Antonio Siufi e Otávio Gonçalves Gomes
Melodia por Radamés Gnattali