Toque de recolher será das 20h às 5h a partir de domingo

  • Coronavírus
  • Paulo Fernandes
  • 10/março/2021 12:51 pm
  • Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul passa a ter toque de recolher das 20h às 5h a partir de domingo (14) nos 79 municípios. A circulação de pessoas e veículos nesse horário - salvo em razão de trabalho, emergência médica ou urgência inadiável - fica proibida.

O colapso da saúde, com 106% de ocupação de leitos de UTI na macrorregião de Campo Grande e superlotação no interior do Estado, levou o governador Reinaldo Azambuja a decretar duras medidas para tentar conter o pior momento da pandemia de Covid-19 em MS, com mais de 3,5 mil mortes e média diária de quase mil contaminações.

"As medidas definidas nesse decreto foram baseadas na ciência para evitar o colapso dos sistemas de saúde e salvar vidas", explicou Reinaldo Azambuja. "Os setores da economia têm até sábado (13) para se organizar e fazer um planejamento de suas ações", completou o governador.

Segundo ele, um lockdown que estaria no radar do COE-MS (Centro de Operações de Emergências) foi descartado para atender reivindicações de diversos setores da cadeia produtiva de Mato Grosso do Sul e dar segurança aos empresários neste momento crítico.

O governador destacou esforço da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para abertura de 48 novos leitos de UTI pelo Estado, divididos entre as cidades de Aparecida do Taboado, Coxim, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas.

Reinaldo Azambuja ainda reforçou a importância da ampliação da vacinação. Ele integra o grupo de 20 governadores que firmaram um pacto nacional em defesa da vida e da saúde e cobra do Governo Federal ações mais contundentes de combate à Covid-19.

Em uma carta pública, eles pedem a "expansão da vacinação, com pluralidade de fornecedores, mais compras e busca de solidariedade internacional, em face da gravidade da crise brasileira" e defendem a distribuição dos imunizantes pelo PNI (Plano Nacional de Imunização).

Decreto foi definido após reunião na Sala de Situação em governadoria (foto: Edemir Rodrigues)

Toque de recolher em MS

O novo horário do toque de recolher tem validade de 14 dias, ou seja, segue de 14 a 27 de março, quando será reavaliada a situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Durante o horário do toque de recolher, somente poderão funcionar os serviços de saúde, transporte, alimentação por meio de delivery, farmácias e drogarias, funerárias, postos de gasolina e indústrias.

Aos sábados e domingos, os serviços que não são classificados como de natureza essencial terão regime especial de funcionamento. Só poderão abrir e atender o público entre 5 e 16 horas.

Durante os horários e dias de funcionamento das atividades e serviços autorizados, os estabelecimentos deverão funcionar com limite máximo de 50% de sua capacidade instalada, respeitando o distanciamento mínimo de um metro e meio entre as pessoas presentes no local.

Em razão do alto risco de contaminação, fica proibida realização de eventos, reuniões, shows e festividades em clubes, salões e afins em locais onde o espaço físico não permita o respeito às regras de biossegurança.

Supermercados

Em supermercados e estabelecimentos similares, com exceção de lojas de conveniência, passam a ser proibidos o consumo de comidas e bebidas e o acesso simultâneo de mais de uma pessoa da mesma família, exceto nos casos em que for necessário acompanhamento especial.

Órgãos públicos

Para órgãos e entidades públicas estaduais a recomendação é de adoção, de forma excepcional, do teletrabalho, mas caberá ao dirigente máximo das pastas editar ato de regulamentação a aplicação e alcance desse regime.

Hospitais

O decreto suspendeu também as cirurgias eletivas pelos hospitais das redes pública estadual e contratualizada. No entanto, estão permitidas as que já haviam sido agendadas, assim como as cardíacas, oncológicas e aquelas que, mesmo sendo eletivas, possam causar danos permanentes aos pacientes caso não sejam realizadas durante o período de suspensão.

Barreiras sanitárias

Estão autorizadas ainda, em caráter excepcional e temporário, a instalação de barreiras sanitárias nos aeroportos e pontos de fiscalização nas rodovias de Mato Grosso do Sul. 

A publicação não impede que os municípios adotem medidas de restrição mais rígidas, de acordo com a situação epidemiológica e as particularidades.  

A fiscalização será realizada pelas polícias civil e militar, Corpo de Bombeiros Militar e, em conjunto ou cooperação, pelas Guardas e Vigilâncias Sanitárias Municipais.

Aulas

As aulas presenciais da Rede Estadual de Ensino estão suspensas. Nesta quarta-feira (10), elas tiveram início de forma remota. 

Confira aqui o decreto na íntegra e também a relação de atividades e serviços considerados essenciais.

Paulo Fernandes e Bruno Chaves, Subcom
Fotos: Arquivo / Edemir Rodrigues

Veja Também

Mato Grosso do Sul avança na discussão para recuperar Malha Oeste

Em uma videoconferência com autoridades e operadores de logística, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul discutiu nesta terça-feira (22) o processo de recuperação da ferrovia Malha Oeste – um modal importante para o escoamento das riquezas.  Para o governador Reinaldo Azambuja, a reativação vai dar competitividade aos produtos sul-mato-grossenses além de gerar […]

Pavimentação da Rodovia do Turismo avança e primeiro trecho será concluído em julho

Com acesso a balneários banhados pelo Rio Formoso, propriedades rurais e também a bairros que estão em expansão com a chegada de infraestrutura, a Rodovia do Turismo começa a ser pavimentada pelo Governo do Estado, atendendo a uma reivindicação antiga das lideranças políticas, do trade turístico e da população de Bonito. A primeira etapa da […]

Distribuição de cobertores para famílias carentes coincide com chegada do inverno

A entrega dos 80 mil cobertores realizada na quinta-feira (17) pelo Governo de Mato Grosso do Sul antecede a chegada do inverno na próxima segunda-feira, 21 de junho.  Além das baixas temperaturas, o inverno caracteriza-se também pelos dias mais curtos e noites mais longas. Nesse período, não há nada melhor do que ficar em casa, […]

MS é 1° no Centro-Oeste e 7° no ranking nacional de ambiente e potencial de negócios

Com investimentos, desburocratização e política de incentivos fiscais, Mato Grosso do Sul lidera a região Centro-Oeste na avaliação sobre ambiente e potencial de negócios para pequenas e médias empresas. O Estado ainda aparece na 7° colocação no ranking nacional, em levantamento feito pelo Banco Mundial, por meio do relatório da “Doing Business Subnacional Brasil 2021”. […]

Últimas Notícias

Mato Grosso do Sul recebe novo lote com 105.090 doses da vacina contra Covid-19

O Governo Federal encaminha nesta semana novo lote com 105.090 doses de vacina contra Covid-19. A remessa é composta por 48.600 da Coronavac, 37.440 da Pfizer e 19.050 da Janssen. A Secretaria de Estado de Saúde aguarda informações do Ministério da Saúde sobre a data de envio dessas doses. Para o secretário de Estado de […]

Funtrab qualifica 300 mulheres com as oficinas virtuais de capacitação profissional

Em março de 2021 a Fundação do Trabalho de MS (Funtrab) firmou parceria com a Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, no compromisso de atender as demandas do programa “recomeçar”, com oficinas de qualificação social e profissional, desde o início da parceria foram três oficinas virtuais ministradas para cerca de 300 mulheres.  Nesta quarta-feira (23) […]

Mortes por covid de pacientes sem comorbidades já são mais de 20% em MS

Com 7.826 mortes por Covid-19 em Mato Grosso do Sul, os pacientes que perderam a vida sem apresentar nenhuma comorbidade já são 21,1%, em um percentual que só aumenta desde o ano passado e vem crescendo nos últimos meses. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (SES). O último boletim divulgado mostra que 1.605 […]

Programa de sustentabilidade consorciado em presídio da Agepen garante indicação ao Prêmio Innovare

Em Mato Grosso do Sul, práticas pioneiras de sustentabilidade integrada desenvolvidas na Penitenciária de Três Lagoas estão entre os indicados à 18ª edição do Prêmio Innovare, este ano. A produção de piscicultura, horta hidropônica, compostagem orgânica e coleta seletiva de resíduos nas celas foram implantados na busca por novas tecnologias sociais de desenvolvimento humano. A […]